Minecraft Wiki
Advertisement
Minecraft Wiki
4 227
páginas
"Launcher" redireciona aqui. Para outros usos, veja Launcher (desambiguação).
Launcher do Minecraft
Minecraft Launcher.png
Desenvolvedores

Nathan Adams
Petr Mrázek‎

Plataformas

WindowsmacOSLinux

Escrito em

TypeScript, ReactJS, C++[1]

Versão Atual

Windows 2.2.3965
macOS 2.2.3964
Linux 2.2.3963

Baixar

Minecraft.net

O Minecraft launcher é o front-end de login e downloader para o stand-alone para o cliente Minecraft: Edição Java e Minecraft Dungeons. Está disponível para Windows, macOS e Linux, mas "Minecraft Dungeons" só pode ser jogado no Windows.

Características

A tela de login para o launcher quando o jogador não está entrado.

Na tela inicial de login, os usuários devem entrar com uma conta da Microsoft pré-existente, conta do Mojang Studios, ou conta legado do Minecraft, caso contrário, eles podem criar uma nova conta da Microsoft clicando no link. Logins subsequentes podem ser feitos na guia de "Configurações".

No lado esquerdo, uma guia "Novidades", uma guia para cada jogo, e a guia "Configurações" do launcher pode ser visto.

O canto superior esquerdo do launcher contém o nome da conta atualmente ativa no momento. Se uma conta da Microsoft for usada, este será o seu Xbox Gamertag (que pode diferir com o nome de usuário da Minecraft: Edição Java)[2], caso contrário, será seu nome da Edição Java. Ao clicar nele, os usuários podem gerenciar ou sair de sua conta ativa e consulte uma página "Ajuda" com vários links para fontes úteis.

Minecraft: Edição Java

A seção principal "Jogar" permite ao usuário baixar (se necessário) e iniciar o jogo com o botão "Jogar", e também inclui uma seleção de instalação à esquerda (que classifica as instalações por último jogador), O nome de usuário na Edição Java à direita e uma lista das últimas notícias para o jogo por meio da Minecraft.net abaixo.

  • Pode-se lançar várias instâncias do jogo pressionando o botão "Jogar", enquanto o jogo está sendo executado.
  • Se o dispositivo não estiver conectado à Internet, o jogo poderá ser executado no modo offline, mas somente se o jogo for inicialmente baixado.
  • Se o usuário não estiver conectado a uma conta que tenha comprado o jogo, o botão "Jogar" será um botão "Jogar demo" que inicializará o modo de demonstração.

Há também uma seção "Notas de versão", onde as notas de patch da atualização do jogo podem ser vistas, incluindo os instantâneos (se ativados).

Instalações

Criando uma nova instalação.

Na seção de "Instalações", instalações personalizadas podem ser criadas e editadas. Existem botões para classificar e pesquisar instalações, bem como caixas de seleção para ativar as instalações de versões "Finais", "Snapshot", e "Modificadas" do jogo. Instalações são armazenadas em launcher_profiles.json no diretório do jogo (.minecraft).

Por padrão, existem instalações para o "Última versão" e para "Última snapshot" (se ativado), ambos os quais as versões do jogo não podem ser alteradas. Uma nova instalação pode ser criada clicando no botão "Nova instalação" e uma instalação existente pode ser editada clicando nela. Há um botão "Jogar" que começa a instalação selecionada e um ícone de pasta que leva para o diretório de jogos da instalação. O botão de elipses contém as opções para editar, duplicar ou excluir uma instalação.

Na página Criar/Editar de Instalação, pode ser alterado:

  • Ícone, selecionando um dos padrão ou adicionando um personalizado. Ícones personalizados devem ser um .png e 128×128 pixels de tamanho.
  • Nome, por padrão chamado "<instalação sem nome>".
  • Versão, que inclui o acesso a lançamentos e snapshots mais antigos (se habilitados).
  • Diretório de jogos, a localização de onde os arquivos do jogo são salvos, sendo o padrão .minecraft. O local pode ser digitado ou selecionado usando o botão "Procurar".
  • Resolução, que altera o tamanho do Windows do jogo. Tem uma lista de resoluções, ou um costume pode ser digitado.
  • Executable Java, por padrão, usa o bundled java runtime.
  • Argumentos JVM, como o tamanho da heap. Os usuários podem definir manualmente uma configuração de carregamento (Veja Debugging na wiki.vg para mais informações).

Um servidor JAR de uma versão específico também pode ser baixado selecionando a versão na lista e pressionando o botão "Servidor" ao lado dele.

Compatibilidade com versões anteriores

Selecionando versões mais antigas na tela de Nova instalação.

O launcher tem a capacidade de jogar a maioria dos lançamentos mais antigos do jogo (e snapshots antigas, se ativado) por padrão, mas também algumas versões mais antigas antes da Release 1.0. Para ver essas versões na seção de instalações, o jogador deve ativar "Mostrar as versões históricas do Java Edition" no launcher. Como essas versões estão desatualizadas e sem suporte, elas podem conter erros e erros que não estão presentes em versões mais recentes. Recomenda-se executar versões antigas do jogo em um diretório separado e mundos de backup para evitar corrupção de mundo ou outros problemas.[3]

Uma vez que as versões históricas estão ativadas, pode ser acessado:

Alguns problemas com essas versões mais antigas incluem:

  • Alguns sons estão errados; arcos, portas, e explosõess usam seus sons da RC1, mesmo nas versões lançadas antes disso. Nas versões antes da Alpha 1.1.2_01, sons não funcionam.
  • Skins estão faltando em versões antes da 1.7, como versões anteriores usaram um servidor diferente da pele que já foi desligado. Capas podem ainda funcionar, no entanto.[precisa de teste]
  • Na Alpha 1.0.15 e de Alpha 1.2.0 para Alpha 1.2.6, O laucher não define o nome do jogador corretamente, resultando em todos usando nomes padrão: "Player" seguido por um número aleatório de 3 dígitos. Isso torna o multijogador muito difícil de jogar, já que a localização e o inventário de um jogador serão redefinidos toda vez que relançarem seu cliente.
  • Na Alpha 1.2.5 e Alpha 1.2.6 especificamente, Os jogadores sempre serão nomeados "Player524". Jogar em Multijogador nestas versões é impossível, como ingressar em um servidor irá chutar outros jogadores com o mesmo nome.
  • Como um efeito colateral ao problema anterior, e como resultado de antigos servidores de autenticação sendo desligados, o modo online não funciona mais em versões antes da Beta 1.8.

Skins

A seção de skins.

Na seção de "Skins", O usuário pode visualizar e alterar sua pele no jogo. Por padrão, a skin será Steve ou Alex.

O seletor de skins que os jogadores podem utilizar para a personalização do personagem.

Na biblioteca de peles, a pele pode ser aplicada clicando em "Usar". A pele também pode ser editada, duplicada ou excluída clicando nos botões. Por padrão, a biblioteca contém o padrão de pele Steve (masculino) e Alex (feminino), que podem ser duplicados ou aplicados, mas não removidos.

Visitar esta seção sem o jogo comprado mostrará um botão que redireciona para a página de comprar o jogo.

Uso de linha de comando

A partir de 2.1.1432, o launcher tem 9 opções de linha de comando disponíveis:

  • --clean - Esta opção apaga as pastas, incluindo seu conteúdo, do diretório de trabalho no game e runtime.
  • --launcherui
  • --workDir - Esta opção, seguida por um caminho (relativo ou absoluto), mudará a localização (e/ou nome) da pasta .minecraft.
  • --nativeLauncherVersion
  • --tmpDir - Esta opção, seguida por um caminho (relativo ou absoluto), mudará a localização (e/ou nome) da pasta tmp.
  • --lockDir
  • --winTen - Esta opção adiciona suporte para o Windows 10. Como o ativador agora suporta o Windows 10 totalmente, essa opção é desnecessária e parece não ter efeito.
  • --proxyHost
  • --proxyPort

A opção --workDir pode ser usada para criar uma instalação portátil do jogo. Por exemplo, --workDir . pode ser usado para fazer o launcher usar o diretório atual (não importa o nome da sua pasta atual).

Histórico

alpha
v1.0.0 Versão inicial. Nesta versão os usuários podiam escolher não só a versão atual, mas também a Infdev.
1.2.2 O formato de argumentos da linha de comando foi alterado.
beta
1.3 (Atualização do Cliente/Launcher) Adicionados links oficiais, links para comunidades e links do twitter.
Adicionado o suporte para argumentos de linha de comandos.
1.1 Lançada em 21 fevereiro de 2011.[5]
Agora usa o novo logotipo do Minecraft.
Adicionada a capacidade adicional de login automático para o jogo e/ou servidor por argumentos de linha de comando.
Adicionado sistema de atualização inteligente que apenas atualizar arquivos alterados, pede ao usuário para atualizar, permite logins HTTPS para uma conexão mais segura, e oferece melhorias de interface do usuário gerais. Uma prévia técnica foi publicada por Notch em 18 de fevereiro de 2011.[6]
Links para o diretório de instalação do Minecraftpara um acesso rápido.
Adicionado o botão Force Update sob o diálogo Options.
O launcher também contou com uma linha de "registros de alteração" via um Tumblr chamado MCUpdate, e suporte para os argumentos de linha de comando.[7]
Edição Java
1.2.1 Devidamente seleciona instalações Java de 64 bits para os usuários do Mac OS X.[8]
1.3.2 Adicionada a capacidade de executar o modo de demostração para usuários não-premium.
1.6.1 13w16a Nova launcher adicionado. Veja o histórico do launcher abaixo.
1.14 Novo launcher 'beta' adicionado. Veja o histórico da versão do Launcher para o histórico da versão deste ponto em diante.
24 de fevereiro de 2020Com a versão 2.1.1230x, uma nova seção para o jogo Minecraft Dungeons foi adicionado onde alguém poderia se inscrever para seu beta. Esta é a primeira vez que o Minecraft launcher inclui um jogo diferente da Minecraft: Edição Java.
21 de outubro de 2020É anunciado que Edição Java em breve estará usando contas da Microsoft para aprimoramentos de segurança adicionais. Com isso, todas as contas da Mojang Studios serão migradas para contas da Microsoft.[9][10] Desde 1º de dezembro de 2020, novos jogadores não podem mais se inscrever para uma conta da Mojang Studios; em vez disso, eles precisam usar ou criar uma conta da Microsoft para comprar e jogar o jogo.
27 de novembro de 2020Com a versão 2.2.74x agora é "Unificado" e agora é possível fazer login com uma conta da Microsoft e iniciar o Minecraft Dungeons, que anteriormente exigia um inicializador separado.[11]

Galeria

Histórico de versões

2010–16

2016–19

2019–presente

Plano de fundo

Referências

Veja também

Advertisement